Alimentação Para Prevenir o Câncer de Próstata

Você tem casos na família de câncer de próstata? Gostaria de saber se existe alguma alimentação voltada para prevenir o problema? Pois saiba que existe sim, continue lendo o artigo para descobrir qual é.

A cada ano é lançada uma nova edição do Novembro Azul, quando são realizadas campanhas de prevenção e conscientização sobre o câncer de próstata.

Para quem não sabe, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é a segunda maior causa de mortes entre homens no Brasil, matando cerca de 14 mil pessoas a cada ano no país.

Vale saber que um em cada seis homens têm câncer de próstata. 

Melhor forma de prevenir o câncer de próstata

Sem dúvida, a melhor forma de prevenir a doença é através do exame de toque anual.

Mas, claro, é possível também prevenir a doença adotando alguns hábitos saudáveis, principalmente, uma alimentação saudável e fazer uso de suplemento naturais para prevenção como é o caso do renova prost que é um produto que além de prevenir, ele ainda ajuda a tratar várias doenças.

Vale saber que o câncer de próstata, tal como a maioria das neoplasias, também tem relação com o histórico familiar e o estilo de vida.

Dessa forma, não só a genética pode influenciar, também têm maior propensão à doença homens sedentários, acima do peso,  que se alimentam mal, fumantes…

Alimentos para prevenir câncer de próstata

Licopeno: os alimentos mais importantes quando o assunto é prevenir câncer de próstata, contém licopeno (que dá a cor avermelhada aos alimentos). Alguns exemplos são melancia, goiaba e extrato de tomate. Segundo estudos, 20mg a 40mg por dia da substância pode ajudar a evitar ou tratar o câncer de próstata.

Crucíferas: também ajudam a prevenir o câncer de próstata, uma vez que possuem propriedades antineoplásicas. Alguns exemplos são vegetais como o repolho, a couve-flor e o brócolis.

Antioxidantes: para ajudar a combater os radicais livres, moléculas que promovem a oxidação das células. Alguns exemplos de alimentos com o principal oxidante, a vitamina C, são como acerola, goiaba, morango e laranja.

Bons Hábitos

Assim como privilegiar uma alimentação saudável, principalmente, os alimentos acima citados, é preciso, também, cultivar bons hábitos, como:

Bom padrão de sono: procurar dormir de forma interrupta, pelo menos, por oito horas;

Atividades físicas: procurar praticar, regularmente, uma ou mais atividades físicas;

Evitar: alimentos enlatados, industrializados e o cigarro.

Tratamento

Vale ter em mente que nenhum hábito, nem mesmo uma alimentação correta substitui a visita a um médico especialista. Essas são só recomendações complementares aos exames de rotina, indispensáveis depois dos 50 anos, ou mesmo ao tratamento oncológico, para quem já tem a doença.

É preciso saber que o preconceito ainda é o principal obstáculo à cura da doença,  ou seja, o alto índice de câncer de próstata é fruto ainda do enorme preconceito masculino com o exame de toque, que é fundamental para diagnosticar um possível problema e tratá-lo ainda no início.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) a metade dos brasileiros nunca foi a um urologista.

Vale ter em mente que a única forma realmente segura de prevenir a doença é se consultando com um profissional, a partir dos 50 anos, de forma anual e, a partir dos 40 anos, quem tem histórico de câncer de próstata na família.   

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *