Dicas para emagrecer bem e com saúde

Atualmente o que mais observamos são pessoas fazendo ou pensando em fazer dieta. Algumas pessoas querem emagrecer a qualquer custo se atirando em dietas radicais e que prometem milagres.

Se você precisa ou quer emagrecer, não esqueça que mais importante do que perder peso é ter saúde.

Dietas radicais podem até oferecer um resultado satisfatório a curto prazo, mas podem comprometer sua saúde, porque geralmente retiram do cardápio nutrientes essências para o seu organismo.

Outro fator que deve ser levado em conta é que as dietas podem oferecer resultados diferentes dependendo de cada pessoa. Emagrecer de forma saudável requer conhecimento, disciplina, paciência e disposição para mudança de hábitos.

Como emagrecer bem

Em primeiro lugar não existe milagre. Para preservar a sua saúde, o ideal é fazer uma reeducação alimentar. Para perder peso é preciso que seu corpo queime mais calorias do que consome.

Para isto são necessárias 2 medidas: ajuste dos hábitos alimentares e atividade física.

Esse processo leva tempo e deve ser feito de maneira gradativa, sem passar fome ou restringir totalmente nutrientes do seu cardápio.

Leia também: Kanabialica Recensioni

Busque informações sobre o seu peso ideal e estabeleça metas dentro da realidade.

O processo de emagrecimento deve ser gradual e equilibrado. Numa dieta equilibrada a perda de peso é de 500g a 1 kg por semana.

Procure manter-se tranquilo, evite estresse e situações que provoquem sua ansiedade.  Muitas pessoas estão acima do peso ideal por razões mais emocionais do que físicas.

Selecionamos algumas dicas simples que você pode seguir para obter um emagrecimento saudável e mantê-lo.

  • Consuma alimentos termogênicos que ajudam a acelerar o metabolismo;
  • Pratique exercícios regularmente;
  • Diminua o consumo de açúcar e sal;
  • Beba bastante água e chás que ajudam a emagrecer;
  • Não consuma gorduras trans e saturadas;
  • Evite ou reduza bebidas alcoólicas;
  • Consuma carboidratos com baixo nível glicêmico (açúcar), de preferência os integrais. O feijão, a lentilha, a ervilha, o arroz integral são ricos em carboidrato;
  • Consuma frutas e hortaliças cruas;
  • Se você é do tipo que gosta de “beliscar” (comer fora de hora) procure consumir sementes que oferecem uma ótima fonte de fibras;
  • Consuma generosas porções de proteína como ovos, laticínios, queijos magros, iogurtes, carnes magras, sardinha e alimentos à base de soja. A proteína além de acelerar o metabolismo proporciona saciedade;
  • Capriche no café da manhã acrescentando fibras, carboidratos e proteínas;
  • Durma bem, pelo menos 7 horas por noite.

Não esqueça, estar no peso ideal é saudável, mas não teria sentido que, para isto você prejudique a sua saúde.

Que alimentos evitar para perder peso?

Perder peso, sem dúvida, é o sonho de 99,9% das mulheres. Não para menos, dietas que prometem “milagres” costumam fazer um enorme sucesso.

O problema é que essas dietas costumam ser extremamente restritivas, ou seja, impossíveis de serem seguidas por muito tempo, o que significa, recuperar o peso perdido logo após o final da dieta.

Pesquisas e estudos já demonstraram que o melhor para perder peso de forma segura e definitiva é através de uma alimentação equilibrada e saudável, exercícios e utilizando emagrecedores naturais que funcionam mesmo, Sibutina é um muito bom.

Porém, se pretende dar uma acelerada em todo esse processo, vale a pena, sim, riscar, pelo menos, alguns itens do cardápio por um tempo, pois existem certos alimentos que além de prejudicar a saúde, ainda colaboram para acumular medidas, o que você, claro não quer.

Se não conseguir retirar esses alimentos, definitivamente, do cardápio, pelo menos, evite-os no início do processo de emagrecimento, quem sabe, com o tempo, você até se acostume a viver sem esses itens? Quer saber quais são? Papel e caneta nas mãos, anote!

Alimentos a serem evitados

  • Refrigerante: São bebidas adoçadas com açúcar, por isso, não recomendas em dietas, prefira em sua versão sem açúcar.
  • Pão branco: são carboidratos simples, conhecidos por não saciarem. Por isso, é comum comermos várias fatias.
  • Sucos de fruta: Os sucos de fruta, em sua grande maioria, encontrados em supermercado, geralmente, são altamente processados e carregados de açúcar, que é um dos principais contribuintes para o ganho de peso.
  • Carnes processadas: As carnes processadas, como presunto, bacon e salsichas podem contribuir para o crescimento da sua cintura.

Reeducação alimentar para perder peso

Quando se fala em reeducação alimentar, é procurar, aos poucos, conduzir de forma mais saudável possível sua alimentação.

Acima vimos os principais alimentos a serem evitados, pelo menos, no início de uma reeducação alimentar, ressaltando que, na maioria das vezes, os benefícios percebidos ao retirar esses itens do cardápio, são tantos, que as pessoas percebem que podem viver, perfeitamente, sem eles.

Mas, lembrando que nada deve ser visto como proibido, apenas a ser evitado, pois psicologicamente, tudo visto como definitivo não costuma dar certo. Por exemplo, até mesmo os Alcoólicos anôninos usam a expressão “mais um dia”, “só por hoje”…

É preciso considerar que os produtos industrializados são carregados de corantes, conservantes e os mais diversos produtos químicos, usados para dar aroma, sabor, textura, durabilidade… não fazem nada bem á saúde.

Produtos light, embora vendam a falsa ideia de que não engordam, eles podem fazer parte do cardápio, com muita cautela, já que, na maioria das vezes, as diferenças entra as duas versões são mínimas e incapazes de oferecer algum benefício. Sem falar que eles causam a falsa ideia de que podem ser consumidos sem nenhum tipo de moderação ou controle.

Enfim, não é demais lembrar que todos os alimentos podem, e devem, ter espaço em uma alimentação equilibrada, tudo é permitido, desde que haja moderação e seja consumido, de preferência, em ocasiões especiais.