Causas e Tratamentos Para Combater a Impotência Masculina

Segundo dados publicados pela Sociedade Brasileira de Urologia, que percorreu mais de 22 cidades brasileiras, a impotência sexual é um problema que afeta 44% dos homens.

Essa densidade aumenta ainda mais conforme a idade do sujeito, ou seja, quando mais velho, maior é a incidência do problema.

Para quem ainda não sabe, a impotência sexual caracteriza-se pela incapacidade de um homem de conseguir uma ereção satisfatória para o contato íntimo.

Nesses casos, pode ser que ele simplesmente não consiga uma ereção ou que essa ereção não seja suficientemente dura para a penetração, a grande vantagem é que hoje já tem vários suplementos naturais como o viagra naturale para combater a impotência e ejaculação, a grande vantagem desse suplemento é que ele é 100% natural.

A causas para essa condição podem ser bastante variadas, indo desde fatores como envelhecimento, até mesmo a ocorrência de doenças.

Então, vamos ver a seguir quais as principais causas da impotência masculina:

  • Uso de remédios

Alguns remédios utilizados para o tratamento de doenças crônicas, a longo prazo, podem acabar causando a impotência.

Os casos mais comuns são no uso de anti-hipertensivos, antidepressivos e também com medicamentos da categoria dos antipsicóticos, embora não sejam os únicos.

  • Bebida alcoólica em excesso

Além de causar dependência, a bebida alcoólica e também o cigarro, podem afetar o corpo negativamente, incluindo a região genital. Isso porque atrapalham a circulação de sangue que é essencial para que se tenha uma ereção.

  • Hormônios

Alterações hormonais podem impactar diretamente o desempenho sexual. Dentre elas, podemos citar o diabetes ou o hipertireoidismo que exercem influência sobre o metabolismo, contribuindo para o surgimento da impotência.

  • Depressão ou outros distúrbios psicológicos

Doenças psicológicas, tais como a depressão ou problemas de ansiedade podem gerar uma série de sentimentos negativos, tais como ansiedade, medo, nervosismo e outros.

Isso pode deixar o homem menos confortável ou autoconfiante para o momento do sexo, fazendo com que a ereção falhe.

  • Drogas

Álcool, cigarro e outros tipos de drogas podem causar a disfunção erétil a longo prazo. Isso ocorre não somente pela diminuição do fluxo sanguíneo na região genital, mas também por causa das alterações psicológicas que ocorrem, levando a um distanciamento da realidade.

  • Obesidade ou excesso de peso

O excesso de peso pode causar impotência de mais de uma forma. Primeiramente, estar acima do peso é um fator de risco para o surgimento de problemas cardiovasculares, que atrapalham a circulação sanguínea.

O outro motivo é que o sobrepeso tem influência sobre a produção da testosterona, podendo diminuir a libido masculina.

Mais do que isso, alterações físicas no órgão sexual masculino ou problemas neurológicos também podem ser considerados como causas da impotência sexual. No vídeo abaixo mostra mais detalhes..

Mais dicas para combater a impotência

Dicas para emagrecer bem e com saúde

Atualmente o que mais observamos são pessoas fazendo ou pensando em fazer dieta. Algumas pessoas querem emagrecer a qualquer custo se atirando em dietas radicais e que prometem milagres.

Se você precisa ou quer emagrecer, não esqueça que mais importante do que perder peso é ter saúde.

Dietas radicais podem até oferecer um resultado satisfatório a curto prazo, mas podem comprometer sua saúde, porque geralmente retiram do cardápio nutrientes essências para o seu organismo.

Outro fator que deve ser levado em conta é que as dietas podem oferecer resultados diferentes dependendo de cada pessoa. Emagrecer de forma saudável requer conhecimento, disciplina, paciência e disposição para mudança de hábitos.

Como emagrecer bem

Em primeiro lugar não existe milagre. Para preservar a sua saúde, o ideal é fazer uma reeducação alimentar. Para perder peso é preciso que seu corpo queime mais calorias do que consome.

Para isto são necessárias 2 medidas: ajuste dos hábitos alimentares e atividade física.

Esse processo leva tempo e deve ser feito de maneira gradativa, sem passar fome ou restringir totalmente nutrientes do seu cardápio.

Leia também: Kanabialica Recensioni

Busque informações sobre o seu peso ideal e estabeleça metas dentro da realidade.

O processo de emagrecimento deve ser gradual e equilibrado. Numa dieta equilibrada a perda de peso é de 500g a 1 kg por semana.

Procure manter-se tranquilo, evite estresse e situações que provoquem sua ansiedade.  Muitas pessoas estão acima do peso ideal por razões mais emocionais do que físicas.

Selecionamos algumas dicas simples que você pode seguir para obter um emagrecimento saudável e mantê-lo.

  • Consuma alimentos termogênicos que ajudam a acelerar o metabolismo;
  • Pratique exercícios regularmente;
  • Diminua o consumo de açúcar e sal;
  • Beba bastante água e chás que ajudam a emagrecer;
  • Não consuma gorduras trans e saturadas;
  • Evite ou reduza bebidas alcoólicas;
  • Consuma carboidratos com baixo nível glicêmico (açúcar), de preferência os integrais. O feijão, a lentilha, a ervilha, o arroz integral são ricos em carboidrato;
  • Consuma frutas e hortaliças cruas;
  • Se você é do tipo que gosta de “beliscar” (comer fora de hora) procure consumir sementes que oferecem uma ótima fonte de fibras;
  • Consuma generosas porções de proteína como ovos, laticínios, queijos magros, iogurtes, carnes magras, sardinha e alimentos à base de soja. A proteína além de acelerar o metabolismo proporciona saciedade;
  • Capriche no café da manhã acrescentando fibras, carboidratos e proteínas;
  • Durma bem, pelo menos 7 horas por noite.

Não esqueça, estar no peso ideal é saudável, mas não teria sentido que, para isto você prejudique a sua saúde.

Que alimentos evitar para perder peso?

Perder peso, sem dúvida, é o sonho de 99,9% das mulheres. Não para menos, dietas que prometem “milagres” costumam fazer um enorme sucesso.

O problema é que essas dietas costumam ser extremamente restritivas, ou seja, impossíveis de serem seguidas por muito tempo, o que significa, recuperar o peso perdido logo após o final da dieta.

Pesquisas e estudos já demonstraram que o melhor para perder peso de forma segura e definitiva é através de uma alimentação equilibrada e saudável, exercícios e utilizando emagrecedores naturais que funcionam mesmo, Sibutina é um muito bom.

Porém, se pretende dar uma acelerada em todo esse processo, vale a pena, sim, riscar, pelo menos, alguns itens do cardápio por um tempo, pois existem certos alimentos que além de prejudicar a saúde, ainda colaboram para acumular medidas, o que você, claro não quer.

Se não conseguir retirar esses alimentos, definitivamente, do cardápio, pelo menos, evite-os no início do processo de emagrecimento, quem sabe, com o tempo, você até se acostume a viver sem esses itens? Quer saber quais são? Papel e caneta nas mãos, anote!

Alimentos a serem evitados

  • Refrigerante: São bebidas adoçadas com açúcar, por isso, não recomendas em dietas, prefira em sua versão sem açúcar.
  • Pão branco: são carboidratos simples, conhecidos por não saciarem. Por isso, é comum comermos várias fatias.
  • Sucos de fruta: Os sucos de fruta, em sua grande maioria, encontrados em supermercado, geralmente, são altamente processados e carregados de açúcar, que é um dos principais contribuintes para o ganho de peso.
  • Carnes processadas: As carnes processadas, como presunto, bacon e salsichas podem contribuir para o crescimento da sua cintura.

Reeducação alimentar para perder peso

Quando se fala em reeducação alimentar, é procurar, aos poucos, conduzir de forma mais saudável possível sua alimentação.

Acima vimos os principais alimentos a serem evitados, pelo menos, no início de uma reeducação alimentar, ressaltando que, na maioria das vezes, os benefícios percebidos ao retirar esses itens do cardápio, são tantos, que as pessoas percebem que podem viver, perfeitamente, sem eles.

Mas, lembrando que nada deve ser visto como proibido, apenas a ser evitado, pois psicologicamente, tudo visto como definitivo não costuma dar certo. Por exemplo, até mesmo os Alcoólicos anôninos usam a expressão “mais um dia”, “só por hoje”…

É preciso considerar que os produtos industrializados são carregados de corantes, conservantes e os mais diversos produtos químicos, usados para dar aroma, sabor, textura, durabilidade… não fazem nada bem á saúde.

Produtos light, embora vendam a falsa ideia de que não engordam, eles podem fazer parte do cardápio, com muita cautela, já que, na maioria das vezes, as diferenças entra as duas versões são mínimas e incapazes de oferecer algum benefício. Sem falar que eles causam a falsa ideia de que podem ser consumidos sem nenhum tipo de moderação ou controle.

Enfim, não é demais lembrar que todos os alimentos podem, e devem, ter espaço em uma alimentação equilibrada, tudo é permitido, desde que haja moderação e seja consumido, de preferência, em ocasiões especiais.

Como controlar a ejaculação precoce: fatos, dicas e dieta

A ejaculação precoce é uma das grandes preocupações de muitos homens em todo o mundo, um problema que afeta diretamente o casal, dependendo da importância que eles dão às relações sexuais.

Além disso, a frustração e a pressão que o homem sente ao não alcançar relações sexuais completas com seu parceiro, podem levar a problemas psicológicos. Por outro lado, muitos homens acham difícil tomar a decisão de ir ao urologista e falar abertamente sobre isso, seja por vergonha ou simplesmente porque não dão a devida importância ao problema.

Ir a um profissional será sempre a melhor opção . No entanto, existem métodos que podemos usar para impedir ou tentar reduzir o problema o máximo possível.

Qual é a ejaculação precoce?

É uma disfunção sexual que afeta 30% dos homens. É devido a uma perda de controle da ejaculação e faz com que ela ocorra prematuramente em um relacionamento sexual. A ejaculação precoce pode ser distinguida como um problema leve ou grave:

Leve : Se a ejaculação ocorrer entre 3 e 8 minutos após o início da relação sexual.

Grave : quando a ejaculação ocorre imediatamente antes ou após a penetração.

É importante observar que, em ambos os casos, o problema pode ser agravado se não for tratado adequadamente, por isso é essencial procurar o urologista no momento em que for detectado que sofremos dessa disfunção.

Truques para controlar a ejaculação precoce

Em seguida, daremos algumas dicas para controlar e / ou prevenir a ejaculação precoce:

  • Exercícios de Kegel: eles são uma técnica ideal para controlar a ejaculação que oferece ótimos resultados. Eles se destinam a fortalecer os músculos pélvicos, conhecidos como músculos do PC, localizados entre os órgãos genitais e o ânus. Para realizar os exercícios, esses músculos devem estar contraídos e relaxados, com intervalos de cinco segundos, e devem ser realizados em sucessão. Os especialistas recomendam fazê-los pelo menos 30 vezes por dia, mas sem exceder 100 repetições.
  • Masturbação: é considerado um dos exercícios mais eficazes para retardar a ejaculação. O que se busca é aprender a identificar o prazer que é sentido antes de chegar ao clímax, bem como controlar a sensibilidade do pênis. O exercício consiste em que, ao começar a se masturbar, você precisa se concentrar apenas no prazer e não no controle da ejaculação . Antes do clímax, você deve parar a masturbação e apertar firmemente a área sob a glande, relaxar por alguns segundos e, quando a necessidade de ejacular for muito reduzida, retome a masturbação, repetindo o exercício várias vezes.
  • Exercícios respiratórios: como no canto, a respiração é algo de grande importância que deve ser levado em consideração, e é necessário respirar corretamente se queremos controlar a ejaculação precoce. Para poder realizar o exercício de respiração com sucesso, é necessário relaxar, em um ambiente calmo, e uma vez que estamos localizados no ambiente certo, é hora de começar o exercício. Você precisa inspirar profundamente pelo nariz e expirar pela boca, sempre ritmicamente. Para alcançar resultados a médio prazo, você deve fazer este exercício cerca de 10 minutos por dia. Com o tempo, perceberemos que o fato de poder controlar nossa respiração facilitará muito a tarefa de também controlar nossa ejaculação precoce.
  • Técnica de dessensibilização : Esta é uma técnica muito simples, no entanto, o resultado pode não ser o mesmo para todos os homens. Consiste em se masturbar por uma a duas horas antes de fazer sexo . Com isso, a sensibilidade ao orgasmo é bastante reduzida, portanto a ejaculação deve ocorrer mais tarde.
  • Técnica de iniciar e parar: é uma técnica que pode ser usada durante a relação sexual ou durante a masturbação, que consiste precisamente nisso, iniciar e parar . Você precisa parar quando sentir que vai ejacular e deixar que o momento de excitação passe para continuar novamente. Recomenda-se praticar pelo menos duas ou três vezes por semana, obtendo resultados positivos em termos relativamente curtos.

Alimentos para prevenir a ejaculação precoce

Existem vários alimentos que podem nos ajudar quando estamos tentando resolver ou prevenir o problema da ejaculação precoce, sendo alguns dos principais:

  • Aipo: o  aipo é um alimento altamente recomendado para esses casos. Ele contém androsterol e androsterona, dois compostos que ajudarão você a ter relações sexuais mais longas.
  • Aveia:  Um dos problemas que a ejaculação precoce geralmente causa é a ansiedade. Felizmente, a aveia ajuda a reduzi-la significativamente se a tomarmos regularmente.
  • Banana / banana: eles têm um alto conteúdo de triptofano, que nos ajuda a controlar o humor de maneira natural. Portanto, isso nos ajudará a reduzir a ansiedade e melhorar nossos relacionamentos.
  • Melancia: esta é outra fruta que nos ajudará a superar a disfunção, graças a dois de seus componentes: beta-caroteno e licopeno.

Além de cuidar da sua dieta e realizar os exercícios que propusemos aqui, também é recomendável que você pratique exercícios físicos .

Por fim, insistimos firmemente que, se você tiver problemas de ejaculação precoce, procure um profissional, ele será a pessoa que melhor poderá ajudá-lo.

Truques e Dicas Para Eliminar as Estrias

Essas cicatrizes feias aparecem por vários motivos. Nós dizemos tudo o que você precisa para derrotá-los.

O aparecimento de estrias ocorre em homens e mulheres, mas somos os que tendem a sofrer mais. As razões pelas quais sofremos essas cicatrizes desagradáveis ​​são várias, mas em geral elas ocorrem devido a alterações hormonais, gravidez – o momento em que nossa pele se estica mais – e perda súbita ou oscilação de peso. Como as mudanças em nossos hormônios nos levam a ganhar e perder peso com mais frequência do que os homens, somos nós que temos mais problemas com sua aparência.

As estrias são condicionadas pela flexibilidade da pele ; Em importantes mudanças no corpo, ele se estende até o ponto máximo de sua elasticidade e, quando não é mais capaz de suportar a tensão, as fibras das camadas intermediárias – a derme – quebram, deixando uma marca vermelha na camada superior. que logo fica branco .

Em quais áreas eles aparecem com mais frequência? No abdômen , nádegas, tórax, pernas e braços, as áreas que sofrem mais alterações antes da gravidez ou um aumento / diminuição repentino de peso.

Depois que as estrias aparecem, é muito difícil finalizá-las sem recorrer a técnicas que requerem cirurgia ou laser ; portanto, a melhor maneira de evitá-las é evitar a aparência.

A hidratação diária é essencial, pois ajuda a manter a elasticidade da pele; O uso de cremes altamente nutritivos como o silk skin é muito importante, especialmente as mulheres grávidas, que são recomendadas para a aplicação diária de produtos hidratantes com ação anti-estrias no peito e no abdômen .

Se, apesar de todas as estrias , aparecerem, você poderá ocultá-las se estiverem na fase rosa e não estiverem completamente curadas. A solução mais conhecida é aplicar óleo de rosa mosqueta puro na marca, pois é conhecido seu grande efeito regenerador na derme; O produto também pode ser aplicado sobre aqueles que já possuem um tom branco, porque, embora não os elimine, ajuda a reduzi-los .

A aplicação de qualquer um desses produtos é simples. Recomenda-se fazê-lo sobre a pele limpa e seca, massageando a área a ser tratada de forma circular para que o produto penetre profundamente nas camadas da pele . Essa ação deve ser realizada uma ou duas vezes ao dia – de acordo com as indicações do produto – e deve ser constante, pois a melhoria da área não é vista instantaneamente, mas é perceptível ao longo do tempo.

A outra opção não cosmética que existe no mercado agora para acabar com eles é a cirurgia a laser . Esses processos favorecem a bio estimulação interna da pele, causando regeneração interna, ajudando a melhorar sua aparência e “preenchendo” a cicatriz. Eles geralmente são combinados com outros tratamentos, como peelings químicos ou dermo abrasão, para alcançar os resultados desejados e promover o rejuvenescimento da área.

O Dr. Miguel Sánchez Viera, diretor do Instituto de Dermatologia Integral, nos diz: ” Com estrias, a prevenção é a melhor, pois depois elas não desaparecem completamente.

Massagens com produtos hidratantes e, melhor ainda, com a centella asiatica são a base de prevenção. Além disso, a aplicação de ácido retinoico e alguns lasers (Excimer, PDL) diminuem a extensão das estrias “.

Como emagrecer com a dieta do metabolismo rápido

Já tentou de tudo para emagrecer, mas não teve sucesso algum? Sabia que, provavelmente, a culpa é de seu metabolismo? Confira o que fazer para turbinar sua perda de peso com a dieta do metabolismo rápido.

Não é de hoje que se sabe que o metabolismo lento é o principal culpado do insucesso das dietas. Ou seja, de nada adianta fechar a boca, suar litros nas academias, se privar de delícias calóricas se o metabolismo estiver muito lento.

O fato é que a dieta do metabolismo rápido vem ganhando popularidade a cada dia e, principalmente, depois que a atriz Jennifer Lopez confessou que é o seu segredo para manter um corpo impecável aos 50 anos.

A dieta foi criada em 2013, pela nutricionista americana Haylie Pomroy, que lançou o livro Fast Metabolism Diet, baseado em sua própria experiência como nutricionista das celebridades americanas.

O que a dieta do metabolismo rápido promete é animador: menos 10 quilos em 28 dias.

Ok, mas é preciso ter em mente que para atingir essa meta, as regras da dieta devem ser seguidas à risca, o que quer dizer que se deve fazer cinco refeições por dia, comer após acordar (30 minutos no máximo), beber bastante água e consumir só os alimentos permitidos nas listas.

Sem fome ou monotonia

Ideal para quem não gosta de monotonia, na dieta do metabolismo rápido o cardápio é dividido em três fases, com duração de dois ou três dias cada, que são repetidas por 4 semanas (os tais 28 dias), cada uma com um grupo de nutrientes predominantes e uma recomendação da atividade física ideal.

De uma forma geral, a dieta permite comer verduras à vontade e carnes magras, em grande quantidade.

Por outro lado, deve se preparar para abrir mão dos produtos muito industrializados e daqueles com um potencial de provocar processos inflamatórios no organismo, assim como, doces, sucos de fruta, frutas secas, café, refrigerante (normal e zero) e bebida alcoólica.

No final das quatro semanas, esses alimentos podem voltar devagar ao cardápio, embora algumas pessoas ao perceberem o bem-estar ao excluí-los até prefiram abrir mão definitivamente de muitos deles.  Para facilitar este processo e acelerar o metabolismo ainda mais, Kohama Lipo Tônico é o companheiro ideal.

Confira como seguir cada fase:

1ª fase

Para reduzir a secreção do hormônio cortisol, que em excesso aumenta os estoques de gordura, nessa fase, que dura dois dias, é permitida uma dose maior de carboidrato e, por isso, o índice glicêmico é alto.

  • Alimentos permitidos 
    Verduras e legumes (batata-doce e cenoura só em porções moderadas). Abóbora, aipo, abobrinha, alcachofra, alface crespa, aspargo, berinjela, beterraba, brócolis, broto de feijão, cogumelo, couve-flor, inhame, mandioquinha, pepino, rúcula, tomate e vagem.
  • Frutas (três ou quatro porções). Abacaxi, amora, mirtilo, goiaba, kiwi, laranja, limão (taiti e siciliano), maçã, mamão, manga, melancia, melão, morango, pera, tangerina.
  • Proteína animal (porções controladas). Carne vermelha magra (patinho, alcatra, filé-mignon), rosbife e linguiça de frango sem nitrato, frango sem pele, peixe (atum em água, linguado, pescada, sardinha em molho de tomate) e clara de ovo.
  • Proteína vegetal (porções controladas). Feijão, grão-de-bico e lentilha.
  • Grãos e amidos. Arroz integral, aveia laminada sem glúten, leite de arroz sem açúcar, quinua e tapioca

Alimentos proibidos
Gordura. Mesmo as boas.

Exercícios

É indicado, pelo menos, em um dos dias, fazer uma atividade aeróbica (andar, correr, nadar).

2ª fase

É considerada a etapa mais difícil, por ser a mais restritiva. Não permite frutas, grãos e leguminosas. Mas, dura dois dias apenas e as porções de proteína são generosas.

O objetivo é eliminar os estoques antigos de gordura. O cardápio tem um índice glicêmico baixo.

Alimentos permitidos


Verduras e legumes (à vontade). Acelga, agrião, alface roxa, rúcula, alho-poró, endívia, erva-doce, espinafre e pimentão.

Fruta (à vontade). Só limão (siciliano e taiti).

Proteína animal (porções controladas). As mesmas opções da fase 1, mais carne de porco light, carne-seca, cordeiro, tilápia, ostra, peru, salmão defumado e sardinha em molho de tomate.

Alimentos proibidos

Proteína vegetal, amidos, grãos e gordura. Todos os tipos.

Exercícios

Procurar praticar, pelo menos, em um dos dias, uma atividade com peso.

3ª fase

Nessa fase, voltam ao cardápio aqueles alimentos fonte de gordura saudável, as gorduras estocadas e mobilizadas na fase anterior são usadas mais intensamente em forma de energia. Essa etapa dura três dias e tem um índice glicêmico médio.

Alimentos permitidos

Verduras e legumes. As mesmas das fases 1 e 2, mas variando ao máximo as escolhas.

Frutas. Ameixa, amora, coco, água de coco, limão, morango, pêssego, pitanga.

Proteína animal. As mesmas das fases 1 e 2, mais atum em azeite, camarão, carne de porco (lombo), cordeiro, lagosta, lula, ostra, salmão, sardinha em azeite e truta.

Proteína vegetal. Feijão, grão-de-bico, lentilha, leite de amêndoa ou castanha de caju sem açúcar.

Grãos e amidos. Arroz selvagem, aveia laminada sem glúten e pão ou torrada sem glúten.

Gorduras saudáveis. Abacate, azeite extravirgem, azeitona, óleo de coco, homus com azeite, pasta de oleaginosas (amêndoa, nozes, pecã), sementes cruas (abóbora, girassol, linhaça, chia), tahine (pasta de gergelim).

Exercícios

Também é preciso investir, pelo menos um dia, em alongamento, ioga ou outra modalidade que promova o relaxamento, como meditação e massagem.

Remédios caseiros para crescer os cabelos

Muitas pessoas se perguntam quanto tempo leva para crescer seus cabelos e se preocupam se o fazem muito lentamente.  Muitos gostariam de fazer penteados da moda e, para isso, precisam ter cabelos mais compridos.

Nem todos têm as mesmas características ou a mesma hidratação, nutrição, etc. Tudo influencia o crescimento do cabelo, embora possamos implementar alguns remédios caseiros para crescer mais cedo.

Quanto tempo leva para crescer o cabelo?

Com esta pergunta, podemos resumir com uma resposta lógica e científica. O cabelo cresce cerca de 0,4 milímetros por dia. Um centímetro por mês e cerca de 15 centímetros por ano . Mas lembramos que cada pessoa é um mundo e que o crescimento do cabelo depende de muitas coisas.

Temos que ter isso em mente se quisermos fazer belas tranças na raiz. O cabelo normalmente saudável cresce mais rapidamente , por isso não podemos esquecer de colocar em prática vários conselhos em curso. Os remédios caseiros podem nos ajudar muito a fazer o cabelo crescer não apenas rápido, mas saudável e forte.

O Tonico Hairpower também é uma excelente opção, acelera o crescimento de verdade! Mas se você não puder comprar ele no momento, confira algumas receitas caseiras para crescer cabelo:

Remédios caseiros para crescer cabelo

Azeite de oliva

O azeite é um ótimo aliado para o cabelo crescer completamente saudável, além de proporcionar grande vitalidade. Isso é possível porque possui ácidos graxos insaturados , retém a hidratação e protege a saúde das células ciliadas.

Para aproveitar ao máximo seu potencial, o azeite deve ser aquecido por um minuto . Devemos incorporar uma colher de sopa de alecrim moído e depois deixá-lo dourar por 48 horas. Após esse período, aplicaremos as raízes e as pontas por 20 minutos e removeremos com shampoo.

Ovo e Banana

Historicamente, o ovo tem sido um produto fantástico para os nossos cabelos. Para atingir nosso objetivo, podemos fazer uma máscara de ovo , algo muito fácil e com excelentes resultados.

Batemos um ovo e incorporamos uma banana bem esmagada até que uma mistura homogênea seja alcançada. Vamos aplicá-lo ao cabelo e deixá-lo agir por cerca de 20 minutos . Depois, lavaremos com água morna, aplicaremos o shampoo habitual e um bom condicionador.

Cebola

A cebola é um produto que todos têm em casa e é um ótimo aliado. É nutritivo não apenas para o corpo, mas também para os cabelos . Devemos cortá-lo em pedaços muito pequenos e incorporá-los em um frasco de xampu. Deixaremos a mistura por uma semana e teremos um produto que fará seu cabelo crescer forte e rápido.

Chá verde

Todos já ouvimos em muitas ocasiões os grandes benefícios que o chá verde tem. É de grande ajuda para a saúde e também para os cabelos.

Graças ao grande suprimento de nutrientes que possui, nosso cabelo pode crescer rapidamente. Além disso, ajuda a evitar sua queda , o que a torna muito importante. Para fazer isso, você deve beber uma xícara de chá verde todas as manhãs durante um mês . Não demorará muito para ver os excelentes resultados.

Água com limão

A água com limão é um produto natural muito poderoso. Estimula o crescimento porque consegue regular a gordura que obstrui os folículos capilares. Além disso, fornece uma grande contribuição de antioxidantes e vitaminas, que os nutrem com grande intensidade.

Vamos incorporar duas colheres de sopa de suco de limão em um copo de água, aplicar e deixar agir por 15 minutos. Então vamos removê-lo com água suficiente. O tratamento pode ser feito uma vez por semana, mas se você tem cabelos muito oleosos, pode ser feito duas vezes.

Celulite – Mitos e Verdades

Como uma maldição bíblica. Isso é celulite , uma besta negra de mulheres que ataca em ruínas onde é menos vista: no bumbum e nas costas das coxas. Também na barriga, tudo bem, mas está vendo ela chegando e você sabe que está condenado. Sem pragas do Egito, sem inundações ou cavaleiros do Apocalipse.

A celulite é a personificação viva do mal, por este motivo que acumula mitos e lendas por trás dela, onde nem tudo é verdade.

O que é Mito e o que é Verdade?

A celulite só atinge pessoas gordas

MITO: 85% das mulheres com mais de vinte anos têm algum tipo de celulite. De fato, se você é magro, mas tem pouca circulação, realiza muitas cédulas para levantar um laranjal nas nádegas e nas proximidades. “Má circulação impede a remoção de substâncias líquidas e tóxicos gerados diária de cada célula” explicado a partir do corpo M + C . “Esse acúmulo dentro e ao redor das células as irrita, induzindo uma reação de defesa semelhante ao processo de cicatrização.

Os tratos fibrosos são produzidos entre as células que aderem às camadas superficiais da pele, puxando-as para dentro, enquanto o acúmulo de líquido empurra o tecido para fora. O resultado de tanto cabo de guerra é a celulite

Se você perde peso, perde celulite

MITO: Não, a celulite está localizada na parte superior da pele. Se você perder tecido adiposo, perderá o contorno, mas como não ataca a celulite, terá um tamanho menor e a mesma celulite.

Piora com a idade

MITO: Felizmente, ou chegaríamos ao túmulo com celulite, mesmo nos cílios. Como está ligado aos hormônios, o processo diminui com a menopausa. “O pico é de cerca de 30 anos”, diz Mónica Ceño, diretora do The Lab Room , “depois desacelera efetivamente o processo e está perdendo gordura”.

Homens nunca têm celulite

MITO: Embora, neste caso, a natureza esteja do seu lado: eles podem tê-la, mas são casos isolados. Os responsáveis ​​são os hormônios femininos mencionados, os estrógenos, que favorecem a retenção de líquidos e o acúmulo de gordura. Portanto, a celulite só ocorrerá em homens com maior presença de estrogênio.

As estatísticas sugerem que 10% dos homens podem sofrer com isso. O Dr. Vicente Paloma, cirurgião plástico e cosmético do Centro Médico Teknon, em Barcelona, ​​confirma este infortúnio para as filhas de Eva: “A celulite é formada devido à estrutura especial que as mulheres gordas têm em certas áreas. Diferentemente dos homens, a gordura das mulheres tem inúmeras paredes fibrosas que dão a aparência de casca de laranja. ”

A celulite pode ser evitada

Verdade: Mas é preciso ficar atento o dia todo e ter em mente que “a pílula, as horas em que está sentado, o estresse e a falta de exercício”, nas palavras de Monica Ceño, “são letais para a casca de laranja”. Portanto, a menos que você seja Paris Hilton e celibatário (ou prefira preservativos), você será condenado.

Pode ser combatida

Verdade: Principalmente se utilizar o revolucionário creme Celumax, este creme consegue eliminar até 90% das celulites e isto é comprovado!

Outra maneira de eliminar a celulite é mecanicamente, quebrando essas partições fibrosas com uma lipoaspiração, que também aspira o excesso de gordura. Outros tratamentos que prometem eliminar a celulite baseiam-se na produção de um certo efeito tensor na pele ou na eliminação dos líquidos acumulados na área, mas não podem atuar no ‘cerne da questão’ que são essas partições fibrosas ”, observa o Dr. Vicente Paloma.

“Para casos de celulite pouco grave, podemos começar com tratamentos cosméticos, como cremes reafirmantes ou anticelulite. Para casos mais importantes, optaremos por tratamentos de medicina estética, como mesoterapia ou cavitação. ”

Em geral, eles sugerem mudar a dieta introduzindo nutrientes que reforçam a microcirculação. E, no nível declarado de guerra, a estratégia inclui drenagem linfática manual, massagem Cyriax, carboxiterapia e mesoterapia. Tudo para eliminar a gordura, estimular a eliminação de líquidos e reduzir a flacidez. “Na sala de laboratório, optamos por um tratamento redutor localizado, que combina massagem e envolvimento de algas. Muito eficaz e permite reduzir o contorno, eliminando graxas e líquidos ”. Agora, isso não é instantâneo: recomenda-se um mínimo de 10 sessões.

Os cosméticos devem ser aplicados com uma massagem

VERDADE: Não é obrigatório, mas “a massagem completa os efeitos dos ativos, favorecendo a absorção do produto e melhorando a circulação sanguínea e a drenagem linfática. Também torna a aplicação do produto muito mais agradável ”, observa Consuelo Mohedano, diretor de treinamento da Shiseido Espanha.

Pronto, agora você já sabe quais são os principais mitos e verdades sobre a temida celulite.

Como deixar os cabelos saudáveis

A aplicação constante de corantes, poluição ou uso excessivo de secadores e chapinhas danifica irreparavelmente os cabelos. Portanto, existem vários produtos que prometem restaurá-lo, para recuperar o brilho e a sedosidade que o cabelo perdeu.

Aqui no Brasil, o melhor produto para isto no momento é o Lize Hair que possui 3 fórmulas para cuidados diferentes no tocante a hidratação, brilho e restaurar a saúde dos fios.

No entanto, os remédios caseiros também são infalíveis e custam muito menos. Uma boa máscara fornece nutrição extra ao cabelo e neutraliza os danos aos quais o cabelo está exposto.

Assim como cuidamos da pele e do corpo com tratamentos hidratantes e esfoliantes, o cabelo também precisa de atenção e cuidado. Portanto, é importante saber do que o cabelo é feito, que tipo de xampu é conveniente usar e qual é a máscara mais recomendada.

Para que serve o PH do cabelo?

Segundo a especialista Ana María Sosa Reyes, o detergente de um bom xampu, que atua como agente de limpeza, deve ser capaz de remover o excesso de gordura, deixando apenas o necessário para que o cabelo não desidrate.

Em relação ao PH, que é a medida do grau de acidez ou alcalinidade de uma solução, o cabelo tem sua resistência máxima e fica mais brilhante em um PH entre 4 e 6.

O detergente é um dos componentes mais importantes do xampu, que deixa os cabelos levemente alcalinos; portanto, recomenda-se o uso de enxágües e condicionadores que contenham ácidos fracos que permitam restaurar o pH, além de óleos que evitam a desidratação e Eles fornecem mais brilho.

Recomendações

Sosa Reyes acha que o truque das avós que recomendaram o uso de limão ou tomate para acomodar o cabelo funciona muito bem, porque ambos os produtos são um pouco ácidos.

Dependendo dos benefícios que você deseja obter: suavidade, brilho, hidratação e / ou reparação prolongada das cores, sempre haverá um ideal para recuperar a beleza dos cabelos. Aqui estão três sugestões para conseguir isso:

1. Para cabelos opacos , é aconselhável misturar um ovo e o suco de um limão espremido: É aplicado nos cabelos úmidos e deixado agir por cerca de 10 minutos; enxágüe com água morna e finalize com um jato de água fria.
2. Para cabelos danificados , misture uma colher de chá de óleo de coco com iogurte natural, mexa muito bem e aplique nos cabelos úmidos por massagem suave. Deixe por 20 minutos e depois enxágüe com água morna.
3. Contra a caspa , bata uma gema de ovo e adicione três colheres de sopa de abacate. Misture bem e aplique nos cabelos secos, deixando-os por 15 minutos. Enxágüe com água em abundância e depois lave o cabelo com o shampoo habitual.

Dicas e Tratamentos Para Evitar o Câncer de Próstata

O seu médico lhe disse que, de acordo com todos os testes, você tem câncer de próstata localizado (câncer que não se espalhou além da próstata).

* Neste resumo, o termo “médico” refere-se ao profissional de saúde que o trata, como seu médico de família, urologista, oncologista, enfermeiro ou assistente médico.

Esta informação pode não ser útil para você se :

Seu câncer de próstata se espalhou para outras partes do corpo.

O que vou aprender com este resumo?

Este resumo irá informá-lo sobre :

  • O que é câncer de próstata localizado
  • Opções freqüentes de tratamento para o câncer de próstata localizado (observação expectante, vigilância ativa, cirurgia para remoção da próstata, radioterapia e tratamento hormonal)
  • O que os pesquisadores descobriram na comparação de tratamentos
  • Possíveis efeitos colaterais dos tratamentos
  • Tópicos para discutir com seu médico

Este resumo não cobre o seguinte :

  • Como prevenir o câncer de próstata
  • Tratamentos menos freqüentes para o câncer de próstata localizado, como ultrassom focalizado de alta intensidade (ondas sonoras de alta energia), crioterapia (tratamento de congelamento), radioterapia por feixe de prótons (radiação com raios protônicos em vez de raios X) e radioterapia corporal estereotáxica (radiação concentrada de alta energia)
  • Produtos à base de plantas ou vitaminas e minerais
  • Tratamentos (como quimioterapia) para o câncer que se espalhou para fora da próstata

Quais são as fontes desta informação?

Pesquisadores financiados pela Agência de Pesquisa e Qualidade da Saúde (AHRQ), uma agência de pesquisa do governo federal, revisaram estudos sobre tratamentos de câncer de próstata Localizado publicado entre 1 de janeiro de 2007 e 7 de março de 2014. O relatório incluiu 52 estudos e foi revisado por profissionais de saúde, pesquisadores, especialistas e o público.

Conheça sua condição

O que é câncer de próstata localizado?

O câncer de próstata localizado é chamado de câncer, que permanece apenas dentro da próstata e não se espalhou para outras partes do corpo. A próstata é uma glândula masculina com aproximadamente o tamanho de uma noz. Esta glândula produz e armazena o fluido que transporta o esperma.

A próstata está localizada ao lado da bexiga e do reto (parte final do intestino grosso, antes do ânus). É logo abaixo da bexiga e envolve a parte superior da uretra (o tubo onde a urina flui da bexiga).

A maioria dos homens com câncer de próstata localizado tem poucos ou nenhum sintoma. Entre os possíveis sintomas são:

  • Problemas para urinar (como dor ou queimação, dificuldade para iniciar ou parar, ou um fluxo fraco)
  • Dor lombar
  • Dor ejacular
  • Sangue na urina
Nota : É importante notar que a maioria dos homens com esses sintomas não tem câncer de próstata. À medida que os homens envelhecem, a próstata pode aumentar com o tempo. Este e outros problemas de saúde podem causar esses sintomas em homens que não têm câncer de próstata.
Recomendado: Para evitar que você venha a ter câncer de próstata futuramente, recomendamos que você faça uso do Cura Prost que é um suplemento natural para deixar sua próstata saudável e prevenir doenças.

Quão freqüente é o câncer de próstata?

O câncer de próstata é o câncer mais comum em homens após o câncer de pele.

Quem está em risco de desenvolver câncer de próstata?

  • Homens a partir dos 50 anos aumentam o risco de desenvolver câncer de próstata.
  • O câncer de próstata é mais comum em afro-americanos.
  • O risco de câncer de próstata é maior em homens que têm histórico dessa doença em sua família.

Que testes você investiga câncer de próstata?

Entre os testes comuns para investigar o câncer de próstata são:

  • Exame retal digital : seu médico insere um dedo pelo reto e toca a próstata. O médico sente a forma da próstata e procura por partes endurecidas.
  • Exame de sangue para antígeno específico da próstata (PSA): Este exame de sangue indica quanto PSA (uma proteína produzida pela próstata) circula no sangue. Em muitos casos de câncer de próstata, o nível de PSA é maior que o normal ou aumentou com o tempo.
    • Um alto nível de PSA nem sempre significa que os homens têm câncer de próstata. À medida que os homens envelhecem, a próstata pode aumentar com o tempo. Esta ampliação e outros problemas de saúde podem causar um alto nível de PSA em homens que não têm câncer de próstata.

Se os resultados do teste não forem normais, seu médico poderá recomendar outros estudos, como uma biópsia. Durante a biópsia, o médico usa uma agulha para remover um ou vários pequenos fragmentos da próstata. Você pode usar uma sonda de ultra-som para direcionar a agulha. Outro médico, chamado patologista, examina o tecido com um microscópio para células cancerígenas.

O que acontece se minha biópsia mostrar câncer?

Se a biópsia mostrar câncer de próstata, seu médico determinará a probabilidade de o câncer crescer rapidamente e se espalhar. Às vezes, o câncer de próstata cresce lentamente ao longo de muitos anos. Mas outras vezes, cresce rapidamente.

Seu médico pode usar seu nível de PSA, escore de Gleason e escore de tumor (escore T) para avaliar seu nível de risco. As páginas a seguir fornecem mais informações sobre o escore de Gleason, o escore T e os níveis de risco do câncer de próstata.

Pontuação de Gleason

O escore de Gleason é uma escala que é comumente usada para avaliar a rapidez com que o câncer de próstata tende a crescer. Os valores do escore de Gleason podem variar de 2 a 10, mas com mais frequência eles variam de 6 a 10. Quanto mais alto o escore de Gleason, mais provável é que o câncer cresça e se espalhe.

Pontuação do tumor (pontuação T)

O escore T indica quanto o câncer de próstata cresceu.

  • T1 : O câncer é muito pequeno para ser palpado por um exame retal digital ou visto em um estudo de imagem (como ultra-som). O câncer é descoberto em uma biópsia realizada depois que um homem tem um alto nível de PSA ou tem uma cirurgia para problemas com a micção. O câncer é apenas na próstata.
  • T2 : O câncer pode ser palpado durante um exame de toque retal e pode ser visto em um estudo de imagem. O câncer ainda é apenas na próstata.
    • T2a : O câncer cobre um quarto da próstata (metade do lado esquerdo ou direito).
    • T2b : O câncer cobre mais de um quarto da próstata (mais da metade de um lado), mas não cresceu para o outro lado da próstata.
    • T2c : O câncer cresceu para ambos os lados da próstata.
  • T3 : O câncer cresceu fora da próstata (T3a). É provável que o câncer tenha se espalhado para as vesículas seminais (T3b), o par de glândulas ligadas à próstata que ajudam a produzir sêmen.
  • T4 : O câncer cresceu da próstata para tecidos próximos, como o reto ou a bexiga. O câncer de próstata também é comumente disseminado para os gânglios linfáticos (também chamados glândulas linfáticas) e ossos.

Veja mais dicas no vídeo abaixo: